Churrasco indie

Sabe aquela pessoa que nunca podia colocar música no churrasco da turma, por que tinha um gosto “diferente”? Era eu. E admito, sempre tive gostos muito peculiares mesmo e uma excelente memória musical. Como era de cidade pequena, não tinha muito pra onde explorar e levar minha cultura “diferente”. Aí mudei pra BH. Aí veio o Lollapalooza. Aí o mundo ficou mais colorido, por ver o tanto de gente com gostos parecidos!

Lolla Brasil 2016! Cheio de coisa boa e os headliners nem tanto. Tem Eminem, que só escutei até os 15 anos. Tem Snoop Dogg, que só escutei nos featuring. Tem Jack Ü, que é a dupla composta pelo Diplo e Skrillex, dois DJ’s e excelentes produtores musicais. Noel Gallagher’s High Flying Birds, que foi chato no Oasis e continua monótono nessa banda nova. Alabama Shakes, um vocal feminino poderoso e músicas deliciosas. E tem Tame Impala, paixão desse Lolla pra mim! Música eletrônica misturada com um vocal masculino agudo sensacional, super curiosa pra ver um show deles!

Mumford & Sons in Teatro Romano Verona 2012
Mumford & Sons in Teatro Romano Verona 2012

E tem Florence + The Machine. Uma banda fantástica, que desde o primeiro disco já chegou encantando os ouvidos da galera mainstream. Acho o Lungs, primeiro album da banda, bastante animado, dependendo do dia não dá muito pra escutar não. Agora o segundo album, Ceremonials, sem sombra de dúvidas é o meu favorito. Mórbido em suas letras e cheio de uma instrumentalização diferente. E o último How Big, How Blue, How Beautiful, a banda segue o mesmo tom do anterior, mostrando a real pegada que eles escolheram pra tocar. Aí embaixo, um vídeo pra mostrar pra vocês o que eu falo lá em cima de ser um “diferente” falado pelos outros, dizendo que “it’s hard to dance with a devil on your back, so shake him off”(é difícil dançar com um demônio nas costas, então livre-se dele).

Tem também Mumford and Sonsque lançou 3 discos de estúdio (Sigh No More-2009, Babel-2012, Wilder Mind-2015) todos com uma deliciosa pegada de folk-rock, movimento que estourou na Inglaterra, revelando outros artistas, como Noah and The Whale. As misturas de banjo e bandolim com o contrabaixo e as guitarras elétricas mostram que essa banda sabe muito o que está fazendo! Porque não é fácil misturar isso e fazer ficar bom. Olha aí o que eu tô falando:

Enfim, muito mais coisas legais e “diferentes” estão por vir! Até!

Line-up completo

Line-up

Luciana Bastos

Luciana Bastos

Psicóloga, especialista em Clínica Psicanalítica, e interwebz. Seu maior talento é saber todas as piadinhas e memes da internet. Tem fascínio pela leitura, cinema, artes, cultura e música. Principalmente música. Quando não está descobrindo nada de novo, atua como psicóloga e estuda uns Freud.

Um comentário em “Churrasco indie

%d blogueiros gostam disto: